Percepção do mercado para Bolsa é positiva

Na próxima semana, a campanha eleitoral do primeiro turno entra na reta final

Broadcast

29 Setembro 2018 | 05h00

O mercado financeiro segue otimista em relação ao desempenho do Ibovespa na próxima semana (1.º a 5 de outubro), mostrou o Termômetro Broadcast Bolsa, embora a parcela que vê alta tenha tido redução marginal em relação à edição da semana passada. Num universo de 36 participantes, para 52,78%, a Bolsa terá ganho, ante 57,14% na pesquisa anterior. Os que acreditam em estabilidade são 22,22% (ante 20,00% na anterior). A fatia dos que esperam perdas avançou ligeiramente, de 22,86% para 25,00%. 

O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. O índice à vista teve queda semanal de 0,13%.

Na próxima semana, a campanha eleitoral do primeiro turno entra na reta final e o investidor estará atento aos resultados de pesquisas de intenção de voto e à movimentação dos candidatos às vésperas do pleito do dia 7. Nos dias 1º e 3, está prevista a divulgação de pesquisas do Ibope, encomendadas pelo jornal O Estado de S.Paulo e pela TV Globo. Na terça-feira, haverá pesquisa Datafolha. A semana também será marcada por debates entre os presidenciáveis, na Rede Record no domingo e na TV Globo na quinta (4).

Na agenda, o destaque local é o IPCA de setembro, num momento em que crescem as apostas de elevação da Selic no próximo Comitê de Política Monetária (Copom). 

No exterior, as atenções estarão no relatório de emprego norte-americano de setembro, que segue sob os holofotes depois da avaliação otimista do mercado de trabalho feita pelos dirigentes do Federal Reserve no comunicado de política monetária. "Apesar de possivelmente mostrar criação de vagas inferior a 200 mil postos, em função basicamente do furacão, o mercado de trabalho norte-americano deverá seguir aquecido", prevê o Bradesco.

Mais conteúdo sobre:
Bolsa Brasileira de Mercadorias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.