Perto do fim do pregão, Bolsa segue em alta

Vale ajuda na valorização da Bolsa, avançando mais de 2%

Economia & Negócios,

29 de abril de 2010 | 16h29

Próximo ao fim do pregão, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) mantém a alta vista desde o início do dia. Às 16h50, o Ibovespa – principal índice de ações do mercado brasileiro – se valorizava 1,84%, aos 67.881 pontos.

A decisão do Banco Central na noite desta quarta-feira, 28, de aumentar o juro básico da economia (Selic) em 0,75 ponto porcentual, para 9,5% ao ano, não atrapalhou a tendência de alta da Bolsa, que chegou a atingir a máxima de valorização de 1,04%, aos 68.012 pontos, hoje. No dia, foi movimento R$ 4,6 bilhões.

Entre as maiores altas do índice, aparecem Duratex ON (4,62%), Cesp PNB (4,17%) e MMX ON (4,04%). As duas principais blue chips do mercado também têm alta. A Vale PNA avança 2,81% e Petrobrás ON, 1,37%.

No mesmo horário, as bolsas dos Estados Unidos também se valorizam. Dow Jones tem alta de 1,17%, Nasdaq, 1,54%, e S&P 500, 1,28%. A solução para o problema fiscal da Grécia ainda não foi encontrada, mas o mercado espera um pacote de ajuda nos próximos dias, o que ajuda a diminuir as tensões dos dias anteriores e faz as bolsas europeias operaram em alta hoje.

O dólar, por outro lado, tem queda de 0,01%, a R$ 1,732.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsaaçõesdólarSelic

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.