Petrobras contrata estaleiro Rio Grande para construir plataformas

A Petrobras contratou o Estaleiro Rio Grande para implantar um empreendimento que será utilizado pela empresa para construção e reparo de plataformas de produção de petróleo do tipo semi-submersível - feitas a partir de casco de navios. A licitação, conduzida pela empresa Rio Bravo Investimentos, foi concluída ontem, com a assinatura do contrato.A Petrobras diz em nota que a principal instalação do empreendimento será um dique seco, em cuja infra-estrutura haverá um cais, oficinas de processamento de aço e áreas de apoio logístico. O preço oferecido pelo estaleiro Rio Grande foi de R$ 222,9 milhões. A infra-estrutura a ser construída será alugada pela empresa por um período de 10 anos.Está prevista, inicialmente, a construção de quatro cascos para plataformas de produção de petróleo offshore (no mar), o que vai gerar cerca de 2.500 empregos diretos na região onde o empreendimento for instalado. Pela inexistência de uma infra-estrutura deste porte, atualmente, os trabalhos de manutenção e reparo de plataformas semi-submersíveis de grande porte são realizadas fora do País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.