Petrobras estuda construir mais uma petroquímica na próxima década

O diretor de abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa disse hoje que a companhia analisa a construção de mais um complexo petroquímico no Brasil na próxima década. Segundo ele, a empresa está revendo o seu planejamento estratégico e avaliando a evolução do mercado brasileiro até 2020. "Certamente o Brasil vai precisar de mais petroquímica", afirmou Costa, logo após a cerimônia de lançamento do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), que começa a ser construído no ano que vem. Costa disse que esse investimento vai garantir superávit na balança comercial petroquímica por volta dos anos de 2011 ou 2012. Ele acredita que, depois disso, o mercado brasileiro pode voltar a apresentar déficits comerciais no setor, caso a economia cresça a taxa de 3,5% ou 4% ao ano. A Petrobras deverá divulgar a revisão do planejamento estratégico no final de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.