Petrobras inaugura postos no Uruguai e na Colômbia

A Petrobras inaugura na próxima terça-feira o primeiro posto de abastecimento de combustíveis no Uruguai. A rede de distribuição da BR no país foi adquirida da Shell. O diretor da área internacional da estatal, Nestor Cerveró, informou que em duas semanas a empresa também inaugura seu primeiro posto na Colômbia, também adquirida da rede da Shell.Álcool para VenezuelaA Petrobras deve assinar em outubro contrato de longo prazo com a venezuelana PDVSA para a exportação de álcool. O diretor de Abastecimento e Refino da estatal, Paulo Roberto Costa, afirmou que a idéia é firmar um contrato de dois ou três anos, com fornecimento em média de 30 milhões de litros por mês.Atualmente, a Petrobras já exporta álcool para a Venezuela. Em 2005 foram embarcadas três cargas, num total de 60 milhões de litros, ou 20 milhões a mais do que no ano passado. A expectativa é de que se o contrato com a PDVSA sair mesmo em outubro, a estatal possa dobrar ainda este ano o volume já exportado para a Venezuela.Segundo o diretor, além da Venezuela, outro foco da Petrobras na exportação de álcool é a Nigéria, para onde já foi embarcada uma carga de 20 milhões de litros este ano. Outro foco da Petrobras deverá ser os Estados Unidos, para onde a estatal quer exportar álcool em larga escala no futuro. O volume não foi dimensionado pelo executivo. Ele lembrou, entretanto, que "é impossível ficar de fora deste mercado". "Mesmo com a taxação de US$ 0,54 por galão de álcool importado, o nosso combustível vindo da cana-de-açúcar ainda é mais barato do que o álcool de milho produzido nos Estados Unidos", disse.Ontem em apresentação a um grupo de 400 executivos em Houston (EUA), o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, gastou boa parte do tempo em que apresentou os planos de investimentos da estatal para os próximos cinco anos falando sobre as vantagens competitivas do álcool de cana, frente a outros com matéria-prima diferente. (A jornalista viajou aos EUA a convite da Petrobras)

Agencia Estado,

21 de setembro de 2006 | 09h02

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.