Petrobras inicia operação da plataforma Cidade do Rio

A Petrobras informou em comunicado que começou a operar hoje o navio-plataforma Cidade do Rio de Janeiro, no campo de Espadarte, na Bacia de Campos. A nova plataforma tem capacidade para produzir, diariamente, até 100 mil barris de petróleo e 2,5 milhões de metros cúbicos de gás. De acordo com a estatal, o início da operação, também chamado de "primeiro óleo", foi celebrado em solenidade com a presença do governador do Estado do Rio de Janeiro, Sergio Cabral Filho, e do presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo.No comunicado, a empresa oferece detalhes sobre o navio-plataforma, que é do tipo FPSO (sistema flutuante de produção, armazenamento e transferência de óleo) com 320 metros de comprimento, 54 metros de boca e 30 metros de altura, o que corresponde a um edifício de 10 andares. "A previsão é que a nova unidade atinja a sua capacidade máxima de produção em 2007. A plena carga, a plataforma estará ligada a nove poços submarinos, dos quais cinco produtores de petróleo e gás natural e quatro injetores de água", informou a empresa.A empresa informou que o navio-plataforma foi contratado junto à empresa MODEC International LCC, e, na avaliação da estatal, "dará contribuição importante para a manutenção da auto-suficiência brasileira em petróleo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.