Petrobras negocia compra de refinaria no Japão, diz jornal

A Petrobras entrou em negociações para comprar a refinaria Nansei Sekiyu KK, em Okinawa, no Japão, relata o jornal Nihon Keizai em sua edição matinal de sexta-feira. Se concluída, a transação marcará a primeira compra direta, por parte de uma grande petrolífera internacional, em solo japonês.A TonenGeneral Sekiyu KK, unidade da gigante norte-americana ExxonMobil, tem 87,5% de participação na refinaria e o restante pertence ao conglomerado japonês Sumitomo. A Petrobras quer comprar a participação da TonenGeneral. A Nansey Sekiyu é um grupo pequeno, com uma única refinaria, a de Okinawa.A unidade tem capacidade para apenas 100 mil barris diários, e está entre a 26ª e a 29ª posição no ranking de refinarias japonesas. Além disso, o petróleo pesado, de baixo valor agregado, responde pelo grosso da produção. A ExxonMobil pensa em fechar a unidade, que luta para atingir a eficiência de custo das concorrentes.A Petrobras planeja investir 12 bilhões de ienes para instalar equipamentos e converter o processamento para o de gasolina de alto valor agregado e produtos petroquímicos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.