Petrobras perde leilão por fatia de estatal colombiana

A Glencore International venceu o leilão por participação majoritária na Ecopetrol, estatal colombiana que vai expandir e operar a segunda maior refinaria do País. A Glencore ofereceu US$ 630,7 milhões por uma participação de 51% na companhia, superando a oferta de US$ 595 milhões feita pela outra ofertante, a brasileira Petrobras. O preço mínimo estabelecido pela Ecopetrol, e só revelado após a conclusão do leilão, foi de US$ 625 milhões. O dinheiro da Glencore ajudará a financiar a expansão da Ecopetrol, que custará mais de US$ 800 milhões, segundo o vice-presidente da companhia colombiana, Federico Maya. A nova companhia operacional será criada dentro de duas ou três semanas, mas uma decisão definitiva sobre o tamanho da companhia ampliada e as opções de financiamento provavelmente não será tomada até abril, disse Maya. A Ecopetrol terá os 49% restantes da companhia e contribuirá, com recursos próprios, para o programa de investimento, ainda de acordo com Maya. Com o término da expansão, previsto para o primeiro semestre de 2010, a capacidade de processamento deve ser dobrada, para 140 mil barris diários. A ampliação da companhia é tida como decisiva para reduzir a dependência colombiana da importação de derivados de petróleo. Embora a Colômbia seja, no momento, exportadora de petróleo, o País importa 6 mil barris diários de diesel da Venezuela e também da República Dominicana. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.