Petrobras usará embarcação norueguesa por mais tempo

A Petrobras notificou a AKOFS Offshore, uma divisão da Akastor, sobre a extensão de um contrato de cinco anos para usar a Skandi Santos, uma embarcação de suporte de equipamentos subaquática, no Brasil. Segundo comunicado da companhia norueguesa, a extensão tem o valor de 2,5 bilhões de coroas (US$ 387 milhões) e terá início em 1º de março de 2015.

DANIELLE CHAVES, Estadão Conteúdo

29 de setembro de 2014 | 12h48

O contrato atual de cinco anos começou em 1º de março de 2010. A Skandi Santos foi desenhada para instalar e retirar módulos e árvores subaquáticas, incluindo estruturas a profundidades de até 2,3 mil metros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.