Petróleo Brent cai influenciado por dados da China

Os contratos futuros do petróleo negociados em Londres fecharam o pregão em queda pressionados por dados ruins da economia da China, que acenderam o alerta com relação a demanda global pela commodity.

MATEUS FAGUNDES, Agencia Estado

10 de março de 2014 | 19h25

Na IntercontinetalExchange (ICE), o petróleo tipo Brent para abril fechou em queda de US$ 0,92 (0,84%), a US$ 108,08 por barril.

No final de semana, uma série de indicadores da China fizeram com que aumentassem os temores nos mercados de que a economia do país esteja se desacelerando.

O saldo comercial chinês foi negativo em US$ 22,98 bilhões em fevereiro, ante previsão de saldo positivo de US$ 11,9 bilhões. A principal razão da piora dos números foram as exportações, que caíram 18,1% na comparação com igual período do ano anterior. Economistas apostavam em expansão de 5% nas exportações.

Para o analista Carl Larry, da Oil Outlooks & Opinions, o noticiário macroeconômico entra em um período sem muitos destaques nos próximos dias, o que irá fazer com que "as notícias geopolíticas sejam responsáveis pelos preços no mercado de petróleo nesta semana".

Também ajudou a pressionar os preços Brent hoje o movimento do governo da Líbia para retomar a produção de um importante campo de petróleo em poder de rebeldes, afirmou o analista Tim Evans, da Citi Futures Perspective. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Tudo o que sabemos sobre:
petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.