Petróleo cai com dados fracos dos EUA

Às 13h40 (Brasília), na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla inglês), os contratos de petróleo para setembro caíam US$ 1,26 (1,60%), para US$ 77,72 por barril

Ligia Sanchez, da Agência Estado,

27 de julho de 2010 | 13h43

Os contratos futuros de petróleo estão em queda, revertendo a alta inicial da manhã depois da publicação de dados econômicos fracos nos EUA e em reação à falta de impulso de alta nos mercados de ações.

Pela manhã, os contratos de petróleo pareciam prontos para outra escalada na direção dos US$ 80 por barril, com o mercado na expectativa dos dados do Departamento de Energia dos EUA sobre o nível dos estoques norte-americanos na semana passada, que serão divulgados amanhã. Mas o declínio no índice de confiança do consumidor de julho e o fraco índice de atividade industrial regional do Federal Reserve Bank de Richmond deixaram os operadores do mercado de petróleo cautelosos quanto à demanda futura.

Os contratos futuros de petróleo continuam a operar em uma faixa de US$ 70 a US$ 80 por barril. Estoques elevados e indicadores econômicos fracos tornaram o nível de US$ 80 por barril num nível de resistência forte.

Sem mais orientação sobre o estado da recuperação da economia ou eventos externos que possam movimentar os preços, como tempestades no Golfo do México, analistas dizem que os contratos futuros de petróleo continuarão na atual faixa até que aconteçam mudanças nos fundamentos do mercado.

Às 13h40 (Brasília), na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla inglês), os contratos de petróleo para setembro caíam US$ 1,26 (1,60%), para US$ 77,72 por barril. Na Intercontinental Exchange (ICE), os contratos do petróleo tipo Brent para setembro recuavam US$ 1,15 (1,48%), para US$ 76,35 por barril. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.