Petróleo cai com diminuição da violência na Nigéria

Os contratos futuros de petróleo recuaram na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) e na Intercontinental Exchange (ICE, de Londres). Os preços devolveram boa parte da alta de ontem, com a redução da expectativa de mais violência política na Nigéria. Ontem, os preços haviam subido devido ao temor de novos incidentes violentos relacionados à eleição presidencial nigeriana do último sábado. "Demorou 24 horas para nós percebermos que as notícias da Nigéria não justificavam uma alta tão forte. Hoje, devolvemos quase 90% do ganho de ontem", comentou um operador da Nymex. "Ontem tivemos uma reação automática aos informes de que pessoas haviam sido mortas em Port Harcourt, que está no coração da indústria nigeriana do petróleo. Isso não quer dizer que as coisas não vão piorar na Nigéria", disse o analista da TSF Energy, Addison Armstrong. Na Nymex, os contratos de petróleo bruto para junho fecharam a US$ 64,58 por barril, com perda de US$ 1,31 (1,99%). Na ICE, os contratos do petróleo Brent para junho terminaram a US$ 67,16 por barril, em queda de US$ 0,99 (1,45%). As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

24 Abril 2007 | 16h46

Mais conteúdo sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.