Petróleo cai e opera abaixo de US$ 80

Na plataforma ICE, o contrato do petróleo tipo Brent para maio recuava US$ 0,50, ou 0,63%, para US$ 79,11 por barril

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

26 de março de 2010 | 13h59

Os preços dos contratos futuros do petróleo operam em queda, abaixo de US$ 80 por barril na New York Mercantile Exchange (Nymex), após dados revisados do Departamento de Comércio dos EUA mostrarem que o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu 5,6% entre outubro e dezembro - pouco menos do que a taxa de 5,9% divulgada anteriormente.

 

O dado reforçou a perspectiva de alguns analistas de que a economia norte-americana e o potencial aumento na demanda por gasolina nas próximas semanas devido à temporada de viagens no país ainda não justificam um avanço dos preços do petróleo para além de US$ 81 por barril. "O mercado está bem abastecido", em termos de fundamentos, e há preocupações macroeconômicas, segundo Peter Donovan, da Vantage Trading. "O pessoal está um pouco nervoso com isso."

 

Às 13h54 (de Brasília), o contrato do petróleo para maio negociado na Nymex caía US$ 0,73, ou 0,91%, para US$ 79,80 por barril, com mínima de US$ 79,54 e máxima de US$ 81,46 ao longo da sessão. Na plataforma ICE, o contrato do petróleo tipo Brent para maio recuava US$ 0,50, ou 0,63%, para US$ 79,11 por barril.

 

O mercado de petróleo ainda recebe um suporte parcial das notícias de um acordo entre as autoridades europeias e o Fundo Monetário Internacional para auxiliar a Grécia se o país precisar de ajuda para lidar com seu déficit orçamentário. "Isso certamente alivia parte dos receios do mercado", disse Tom Bentz, analista e operador do BNP Paribas Commodity Futures. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.