Petróleo dispara com especulação sobre consumo

O contrato de maio do petróleo operava sustentado em NY, tendo tocado o nível de US$ 63 o barril há instantes, adiantando especulações com o pico de consumo durante o verão no Hemisfério Norte. "Temos estoques historicamente elevados nos EUA nesse momento, mas esses níveis não serão sustentados por muito tempo", disse um especialista. Às 13h01 (de Brasília), o contrato de maio disparava 2,56%, para US$ 63,35 o barril. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.