Petróleo e cai abaixo de US$ 60 em Nova York

Os contratos futuros do petróleo estão em queda expressiva hoje, na esteira do ajuste de preços de sexta-feira passada, diante de novas previsões de temperaturas amenas nos EUA, as quais acentuam as preocupações com as perspectivas para a demanda por óleo para calefação. Além disso, os contratos de gasolina, que têm orientado o mercado recentemente, caem com realização de lucros. No movimento, o petróleo já opera abaixo de US$ 60,00 o barril em Nova York. Às 9h58 (de Brasília), o contrato de abril do petróleo negociado na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) caía 1,33% para US$ 59,25 o barril. Na plataforma ICE, de Londres, o contrato de mesmo vencimento recuava 0,70% para US$ 60,70 o barril. Segundo o mais recente boletim da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos EUA, o número de dias quentes até 17 de março irá superar o mesmo período do ano passado. O mercado opera também na expectativa do encontro de quinta-feira da Opep, embora, tendo em vista os últimos comentários feitos por autoridades do grupo e o comportamento atual dos preços, não haja previsão de mudanças na cota de produção do grupo. Doug Leggate, analista do Citigroup, estima que os preços permanecerão entre US$ 57,00 a US$ 64,00 o barril esta semana e que poderão movimentar-se na base da margem diante da manutenção da produção pela Opep. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.