Petróleo em alta piora humor do mercado em NY

A alta dos preços do petróleo e commodities neste início de tarde contribui para piorar visivelmente o desempenho do mercado de ações norte-americano. Às 12h30, o Dow Jones e o Nasdaq operavam perto das mínimas, em queda de 0,92% e 1,54%, respectivamente. Os juros dos títulos do Tesouro norte-americano, por sua vez, acentuaram a alta, com o papel de 10 anos a 5,1616% no mesmo horário. O dólar opera em baixa frente ao euro e ao iene. A alta do petróleo desperta o receio de inflação e reforça a visão de que o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) pode voltar a elevar a taxa de juro já na reunião de junho. O comunicado de ontem, ao qual os negociantes estariam voltando hoje, deixa as portas abertas para isso. "A questão que estamos tentando responder é se o Fed fará isso (elevará os juros) na reunião de junho", disse o analista Hugh Johnson. "Quando você olha para o ouro e o petróleo hoje, ainda há uma forte probabilidade de que eles aumentem a taxa em junho." O mercado, segundo ele, deve seguir bastante volátil até lá, reagindo a cada indicador macroeconômico da agenda. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

11 de maio de 2006 | 13h37

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.