Petróleo fecha abaixo de US$ 91 o barril em NY

Os preços dos contratos futuros do petróleo fecharam em queda, pressionados pela retomada das operações do oleoduto Trans Alaska e pela cautela dos investidores antes da divulgação do relatório semanal do Departamento de Energia norte-americano (DOE) sobre estoques de petróleo e derivados. Dados que mostraram um declínio de 4,3% no número de obras residenciais iniciadas nos EUA em dezembro ante novembro também pesaram sobre os preços do petróleo, diminuindo a confiança dos investidores na recuperação da economia norte-americana.

GUSTAVO NICOLETTA, Agencia Estado

19 de janeiro de 2011 | 18h56

Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), o contrato do petróleo para fevereiro, que expira amanhã, caiu US$ 0,52, ou 0,57%, para US$ 90,86 por barril. Na plataforma ICE, o contrato do petróleo tipo Brent para março subiu US$ 0,36, ou 0,37%, para US$ 98,16 por barril.

Segundo analistas consultados pela Dow Jones, o DOE deve divulgar amanhã que os estoques de petróleo dos EUA caíram 900 mil barris na semana passada, mas parte desse declínio deve ser motivado pela interrupção nas atividades do Trans Alaska, que voltou a funcionar na segunda-feira depois de passar alguns dias fora de atividade em razão de um vazamento. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleobarrilestoquesNymex

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.