Petróleo fecha com ganho após realização de lucro

Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta em Londres e Nova York, recuando das mínimas em seis meses registradas hoje, com os operadores que apostavam na queda dos preços realizando lucro depois do barril de petróleo bruto ter furado o importante suporte psicológico de US$ 60,00, segundo operadores e analistas. Com os preços dos futuros do complexo de energia numa queda livre desde o final de agosto, os operadores decidiram fazer uma pequena pausa enquanto realizam lucro das acertadas apostas de queda dos preços. "Vimos um pouco de cobertura de vendas a descoberto, assim como (compras) técnicas, com o mercado parecendo excessivamente vendido e se recuperando dos US$ 60,00 o barril ontem", disse o corretor Aaron Kildow, da Prudential Financial em Nova York. "Não estamos esperando que isso seja uma grande correção e parece estar caminhando para US$ 57", acrescentou. "Estamos esperando que o petróleo fure os US$ 60,00 o barril enquanto a temperatura permanecer amena, sem furacão e temperaturas amenas na região nordeste (dos EUA)", disse Kildow. Na Nymex, os contratos de petróleo para novembro fecharam a US$ 61,59 o barril, em alta de US$ 0,85 (1,40%). A mínima foi de US$ 60,69 e a máxima de US$ 61,80. Em Londres, no sistema eletrônico da ICE Futures, os contratos de petróleo Brent fecharam a US$ 61,34 o barril, em alta de US$ 0,87 (1,44%). A mínima foi de US$ 60,34 e a máxima de US$ 61,55. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

21 de setembro de 2006 | 17h15

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.