Petróleo fecha em alta ajudado pelos futuros de gasolina

Os contratos futuros de petróleo subiram quase US$ 1,00 o barril e fecharam pouco abaixo de US$ 72,00 o barril na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex), na esteira da alta dos futuros de gasolina, que foram sustentados pelo fechamento de um importante canal de navegação na costa do Golfo do México, segundo operadores e analistas. O fechamento do canal de navegação Calcasieu, na Louisiana, em virtude de um derramamento de óleo na semana passada, forçou quatro refinarias na região a reduzirem sua produção. Uma das quatro refinarias, a unidade da ConocoPhilips em Lake charles (Louisiana), disse que estava operando a "taxas mínimas", enquanto a unidade da Citgo Petroleum Corp foi vista comprando gasolina no mercado à vista da Costa do Golfo. Os preços à vista da gasolina na Costa do Golfo subiram cerca de 2 centavos o galão, impulsionados pelas expectativas de oferta apertada e fechamento prolongado do canal Calcasieu, disseram operadores. Na Nymex, os contratos de gasolina para julho subiram 512 pontos (2,41%) e fecharam a US$ 2,1788 por galão. Os contratos de petróleo para agosto fecharam a US$ 71,80 o barril, alta de US$ 0,93 (1,31%). A mínima foi de US$ 70,40 e a máxima de US$ 71,90. Em Londres, no sistema eletrônico da ICE Futures, os contratos de petróleo Brent para agosto fecharam a US$ 70,73 o barril, alta de US$ 0,80. A mínima foi de US$ 69,47 e a máxima de US$ 70,78. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

26 de junho de 2006 | 17h10

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.