Petróleo fecha em alta após bater na mínima em 19 meses

Os contratos futuros do petróleo negociados na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) recuperaram parte das perdas recentes e passaram o nível dos US$ 53 por barril na tarde de hoje, depois de ter atingido uma nova mínima dos últimos 19 meses. A recuperação se seguiu à informação de que representantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) estariam discutindo a possibilidade de uma reunião emergencial no fim do mês. Um delegado da Opep afirmou que está sendo considerada a opção de aprofundar o corte na produção recentemente anunciado. O analista de energia do Citigroup Tim Evans afirmou que os preços continuam sob pressão. ?Esse pode ser o início de uma grande recuperação, mas não necessariamente?, disse. Na Nymex, os contratos de petróleo bruto para fevereiro subiram US$ 1,11, ou 2,14%, e fecharam em US$ 52,99 por barril. A mínima foi em US$ 51,56 (nível mais baixo desde maio de 2005) e a máxima em US$ 53,11. Na Intercontinental Exchange (ICE), em Londres, os contratos do petróleo Brent para fevereiro subiram US$ 1,25, ou 2,42%, e fecharam a US$ 52,95 por barril, com mínima em US$ 51,76 e máxima em US$ 53,11. A Nymex ficará fechada na segunda-feira, devido ao feriado do Dia de Martin Luther King Jr. Os contratos futuros do petróleo acumulam queda de quase 15% em 2007. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.