Petróleo fecha em alta após estoques menores nos EUA

Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) encerraram em alta nesta quarta-feira, 5, com a expressiva queda nos estoques dos Estados Unidos, levando os preços aos maiores níveis de fechamento em mais de uma semana.

Agencia Estado

05 de junho de 2013 | 16h52

O contrato de petróleo mais negociado, com entrega para julho, ganhou US$ 0,43 (0,46%) e fechou a US$ 93,74 o barril, maior patamar desde 28 de maio. Logo após a divulgação dos estoques, os preços superaram US$ 94 por barril. Na plataforma eletrônica ICE, o barril de petróleo do tipo Brent para julho caiu US$ 0,20 (0,2%), terminando a US$ 103,04.

"O petróleo tem sido bem resistente, mantendo-se acima de US$ 92 por barril", comentou Jason Rotman, da Lido Isle Advisors.

Os estoques de petróleo bruto dos EUA caíram 6,267 milhões de barris na semana encerrada em 31 de maio, para 391,285 milhões de barris, segundo o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) do governo norte-americano. Analistas consultados pela Dow Jones previam uma queda bem menor, de 400 mil barris.

"O mercado não esperava uma queda tão grande", disse Tony Headrick, analista da CHS Hedging. "Mas o mercado não subiu mais porque os estoques ainda são amplos." Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.