Petróleo fecha em alta com dado de estoque de gasolina

Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta na New York Mercantile Exchange (Nymex) e na International Commodities Exchange (ICE, de Londres). Na Nymex, é a primeira vez em mais de uma semana que os contratos de petróleo bruto para o mês seguinte fecham acima dos US$ 70 por barril. Operadores disseram que a alta foi liderada pelos futuros de gasolina, depois de o Departamento de Energia dos EUA (DoE) informar que os estoques norte-americanos do produto tiveram um crescimento de 300 mil barris na semana passada, contra previsão de analistas de crescimento de 1,2 milhão de barris. Outro fator foram as preocupações geopolíticas, depois de o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, dizer que seu país responderá somente em agosto ao pacote de "incentivos ou sanções" para que partes do programa nuclear iraniano sejam abandonadas. A greve dos petroleiros e trabalhadores do setor petroquímico da Noruega também influenciou os preços. Na Nymex, os contratos de petróleo bruto para agosto fecharam a US$ 70,33 por barril,, em alta de US$ 0,99 (1,43%); a mínima foi em US$ 68,80 e a máxima em US$ 70,75; os contratos de gasolina para julho subiram US$ 0,0604 e fecharam a US$ 2,0660 por galão. Na ICE, os contratos do petróleo do tipo Brent para agosto fecharam a US$ 69,17 por barril, em alta de US$ 1,09, com mínima em US$ 67,57 e máxima em US$ 69,50. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

21 de junho de 2006 | 16h57

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.