Petróleo fecha em alta com dados de estoques dos EUA

Os preços do petróleo subiram hoje, em reação ao informe do Departamento de Energia dos EUA (DOE, na sigla em inglês) sobre o nível dos estoques norte-americanos na semana passada. Segundo o DOE, os estoques de petróleo bruto tiveram uma redução de 2,3 milhões de barris na semana passada, quando os analistas consultados pela Dow Jones previam um crescimento de 800 mil barris. A redução nos estoques de gasolina também superou as previsões.

RENATO MARTINS, Agencia Estado

20 de abril de 2011 | 18h54

Para Tony Rosado, da GA Global Markets, os preços altos "ainda não estão causando muita destruição da demanda. À medida que a disponibilidade de empregos cresce, as pessoas pagam esses preços".

O analista Phil Flynn, da PFGBest, observou que a baixa do dólar frente às principais moedas também contribuiu para a alta dos preços do petróleo; o dólar vem caindo desde que a Standard & Poor''s rebaixou a perspectiva do rating (classificação de risco) da dívida soberana dos EUA. "A confiança na economia norte-americana está em falta neste momento", disse Flynn.

Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), os contratos de petróleo bruto para junho fecharam a US$ 111,45 por barril, em alta de US$ 3,17 (2,92%). Na plataforma ICE, os contratos do petróleo Brent para junho fecharam a US$ 123,85 por barril, em alta de US$ 2,52 (2,08%). As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleobarrilpreçoNymexICE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.