Petróleo fecha em alta com redução no estoque dos EUA

Contrato do petróleo para fevereiro negociado em Nova York subiu 1,47%, para US$ 98,67 o barril

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

21 de dezembro de 2011 | 19h01

 Os preços dos contratos futuros do petróleo fecharam em alta depois de um relatório do governo dos EUA mostrar que os estoques norte-americanos da commodity caíram 10,6 milhões de barris na semana passada - maior queda semanal em mais de uma década. "Essa redução é gigante", disse Peter Donovan, vice-presidente e operador da Vantage Trading. "O pessoal do pregão ficou abismado."

Os estoques de petróleo em geral encolhem no final do ano porque as refinarias e outras empresas reduzem o volume das reservas para diminuir os encargos fiscais. A queda da semana passada, no entanto, foi muito maior do que a estimada por analistas, de 2,4 milhões de barris. O BNP Paribas afirmou que metade da queda nos estoques foi resultado da diminuição nas importações de petróleo, que forçou as refinarias a consumir barris que estavam estocados.

O contrato do petróleo para fevereiro negociado na New York Mercantile Exchange (Nymex) subiu US$ 1,43, ou 1,47%, para US$ 98,67 por barril. Na plataforma ICE, o contrato do petróleo tipo Brent para fevereiro avançou US$ 0,98, ou 0,92%, para 107,71 por barril. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.