Petróleo fecha em queda, apesar de estoques menores

Os contratos futuros de petróleo caíram abaixo de US$ 62 o barril em NY, pressionados pela liquidação dos futuros de gasolina. O declínio da gasolina, que fechou no nível mais baixo desde 10 de março, ocorreu quando os operadores souberam que um novo carregamento do combustível vai chegar em breve em Nova York, disseram participantes do mercado. Os contratos de gasolina para abril fecharam em US$ 1,7365 o galão, queda de 1.030 pontos (5,6%). O relatório do Departamento de Energia (DOE) apontou uma queda de 1,3 milhão de barris nos estoques comerciais de petróleo bruto na semana passada, contrariando uma expectativa de aumento de 2 milhões de barris dos analistas. No entanto, o DOE ponderou que os estoques ainda permanecem bem acima da média para este período do ano. Em NY, os contratos de petróleo para maio fecharam em US$ 61,77 o barril, queda de US$ 0,57 (0,91%). Em Londres, no sistema eletrônico da ICE Futures, os contratos de petróleo Brent para maio fecharam em US$ 61,50 o barril, queda de US$ 0,63. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.