Petróleo fecha em queda após decepção com PIB dos EUA

Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) interromperam o rali recente e fecharam em baixa nesta sexta-feira, 26, após o desempenho da economia dos EUA ficar abaixo do esperado no primeiro trimestre, alimentando preocupações sobre a demanda futura pela commodity.

Agencia Estado

26 de abril de 2013 | 17h09

Entre janeiro e março, o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA cresceu a uma taxa anual de 2,5%, segundo o Departamento do Comércio, ficando bem abaixo da expectativa dos analistas, que previam expansão de 3,2%.

Nas últimas semanas, os EUA, a China e a zona do euro têm divulgado indicadores fracos que reforçam temores em relação à perspectiva do petróleo.

No encerramento dos negócios na Nymex, o contrato de petróleo mais negociado, com entrega para junho, caiu US$ 0,64 (0,68%), fechando a US$ 93,00 o barril. Na plataforma eletrônica ICE, em Londres, o barril do petróleo tipo Brent, também para entrega em junho, recuou US$ 0,52 e encerrou a sessão a US$ 102,89.

Após atingir a mínima de US$ 86,68 este mês, o contrato da Nymex mostrou uma forte recuperação nos últimos dias, voltando ao patamar de US$ 90,00 o barril. Apesar da queda desta sexta-feira o ganho do contrato na semana foi de 5,4%.

Analistas dizem que a virada era esperada após o avanço recente. Para Jim Ritterbusch, diretor de consultoria de petróleo da Ritterbusch and Associates, o rali já "completou seu curso" e o relatório do PIB norte-americano foi o gatilho para a queda desta sexta-feira.

Já a diferença entre o contrato da Nymex e o brent caiu na quinta-feira, 25, para menos de US$ 10,00 pela primeira vez desde janeiro de 2012. Nesta sexta o intervalo chegou a se estreitar para US$ 9,55 no começo da sessão, antes de voltar a superar US$ 10,00 no final do dia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
mercadopetróleofechamentoqueda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.