Petróleo fecha em queda de 0,60% a US$ 90,61 em NY

Na plataforma ICE, o contrato do petróleo tipo Brent para agosto subiu US$ 0,87, ou 0,82%, para US$ 105,99 por barril

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado ,

27 de junho de 2011 | 17h35

Os preços dos contratos futuros do petróleo fecharam em queda na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), pressionados por receios com a crise da dívida soberana da Grécia e por dados que mostraram estabilidade nos gastos com consumo dos EUA em maio ante abril. Na plataforma ICE, no entanto, o contrato do petróleo tipo Brent teve valorização.

"Essa é a semana que antecede o feriado. O mercado está volátil e sem muita direção", disse Carl Larry, diretor de pesquisa e derivativos de energia da Blue Ocean Brokerage, referindo-se ao feriado da independência dos EUA, em 4 de julho.

O contrato do petróleo para agosto negociado na Nymex caiu US$ 0,55, ou 0,60%, para US$ 90,61 por barril. Desde quinta-feira, quando a Agência Internacional de Energia (AIE) anunciou que vai liberar parte de suas reservas estratégicas da commodity e derivados para abastecer o mercado, o contrato já perdeu US$ 5.

A decisão da AIE atraiu críticas dos principais produtores de petróleo do mundo, que estão preocupados com a possibilidade de isso provocar um declínio agudo no preço da commodity. Durante uma entrevista coletiva hoje, o secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Abdalla Salem El-Badri, disse que a liberação das reservas é desnecessária.

Na plataforma ICE, o contrato do petróleo tipo Brent para agosto subiu US$ 0,87, ou 0,82%, para US$ 105,99 por barril, em razão de ajustes de posições baseados na diferença de preços entre esse contrato e do petróleo negociado na Nymex, segundo Jim Ritterbusch, diretor da consultoria Ritterbusch and Associates. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleobarrilNymexICE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.