Petróleo fecha em queda, mas avança 1,2% na semana

Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) fecharam em baixa nesta sexta-feira, 30. O contrato de petróleo mais negociado, com entrega para outubro, caiu US$ 1,15 (1,06%) e fechou a US$ 107,65 o barril. Na semana e no mês, porém, o contrato teve alta de 1,2% e 2,5%, respectivamente. Na plataforma eletrônica ICE, o barril de petróleo do tipo Brent recuou US$ 1,15 (1,0%), terminando a sessão a US$ 114,01.

Agencia Estado

30 de agosto de 2013 | 17h00

Os contratos de petróleo avançaram com força na terça-feira e na quarta-feira, em meio a preocupações de que uma possível intervenção militar na Síria pudesse levar a interrupções no fornecimento de petróleo no Oriente Médio, onde cerca de um terço do petróleo do mundo é produzido.

Nas últimas duas sessões, porém, os preços da commodity devolveram alguns ganhos, com a incerteza sobre a probabilidade de um ataque à Síria.

A sessão de hoje foi volátil, em meio a discursos do secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e do presidente Barack Obama, que indicaram que ainda não houve uma decisão final sobre a Síria. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.