Petróleo fecha em US$ 69 com realização de lucro

Os preços dos futuros de petróleo caíram quase US$ 1,00 e fecharam abaixo de US$ 69,00 o barril na New York Mercantile Exchange (Nymex), com os investidores realizando lucro dos ganhos obtidos no final da semana passada. Operadores disseram que uma acentuada liquidação nos futuros de gasolina aumentou a pressão de baixa sobre o complexo de petróleo. Segundo analistas, não havia nenhuma notícia específica por trás do movimento de venda. Eles acrescentaram que a ausência de eventos ameaçadores à oferta ao longo do final de semana e as renovadas esperanças de uma solução para o impasse nuclear do Irã levaram os operadores a liquidarem posições compradas estabelecidas durante a alta do petróleo na semana passada. A acentuada queda dos futuros de gasolina ocorreu em meio ao declínio dos preços no mercado à vista e expectativas de aumento dos estoques. Analistas entrevistados pela Dow Jones disseram que esperam ver um aumento dos estoques comerciais de gasolina pela oitava semana consecutiva. O Departamento de Energia divulga os dados semanais sobre os estoques na quarta-feira. Na Nymex, os contratos de gasolina para julho caíram 468 pontos (2,30%) e fecharam a US$ 1,9914 o galão. Os contratos de petróleo para julho, também na Nymex, fecharam a US$ 68,98 o barril, queda de US$ 0,90 (1,29%). A mínima foi de US$ 68,55 e a máxima de US$ 69,35. Em Londres, no sistema eletrônico da ICE Futures, os contratos de petróleo Brent para agosto fecharam a US$ 68,11 o barril, queda de US$ 0,69. A mínima foi de US$ 67,42 e a máxima de US$ 68,75. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.