Petróleo fecha estável com dados de estoques e Ucrânia

Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) fecharam praticamente estáveis nesta quarta-feira, 16, com as preocupações com a Ucrânia fornecendo algum apoio aos preços, mesmo após dados do governo americanos mostrarem uma forte alta nos estoques da commodity.

STEFÂNIA AKEL, Agencia Estado

16 de abril de 2014 | 16h49

O petróleo para maio negociado na Nymex subiu US$ 0,01 (0,01%), para US$ 103,76 por barril. O contrato do brent para junho subiu US$ 0,24 (0,2%), para US$ 109,60 por barril, fechando no maior nível em seis semanas.

Os estoques de petróleo bruto nos EUA subiram 10,013 milhões de barris na semana passada, para 394,135 milhões de barris, segundo o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) norte-americano. O aumento foi o maior desde 2001 e veio bem acima da previsão dos analistas, de alta de 1,5 milhão de barris.

Após os dados, os preços do petróleo operaram no vermelho, mas apagaram as perdas após relatos de que militantes favoráveis à Rússia tomaram seis veículos armados da Ucrânia. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Tudo o que sabemos sobre:
petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.