Petróleo fecha no menor nível do ano com dados da China

Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) fecharam no menor nível do ano nesta segunda-feira, 15, pressionados pelos dados piores que o esperado da China, que despertaram o temor de menor demanda pela commodity.

Agencia Estado

15 de abril de 2013 | 16h54

O contrato de petróleo para abril perdeu US$ 2,58 (2,82%) e fechou a US$ 88,71 o barril na Nymex, o menor nível desde dezembro. Já na plataforma eletrônica ICE, o barril do petróleo do tipo Brent para maio recuou US$ 2,72 (2,63%), fechando a US$ 100,39, menor nível desde 11 de julho.

Os dados de crescimento da China vieram abaixo das expectativas. O país registrou um crescimento de 7,7% no primeiro trimestre deste ano ante o mesmo período do ano anterior, em comparação com as expectativas do mercado de uma expansão de 8%.

A produção industrial chinesa cresceu 8,9% em março ante o mesmo mês do ano anterior, desacelerando de uma taxa média de 9,9% de expansão nos dois primeiros meses do ano. O resultado de março ficou abaixo do crescimento de 10,0% previsto por economistas.

A sessão desta segunda-feira marca a terceira consecutiva de quedas no preço do petróleo, na medida em que as preocupações com uma desaceleração da demanda global pesam sobre o mercado. "Esses dados só somam à pressão sobre as commodities", disse John Kilduff, da Again Capital. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.