Petróleo fecha pelo 2º dia abaixo de US$ 100 por barril

Os contratos futuros de petróleo para entrega em novembro que expiraram nesta terça-feira, 22, na New York Mercantile Exchange (Nymex) e fecharam em queda de 1,4%, a USS$ 97,80 por barril. É o menor valor desde 28 de junho. Já os contratos para entrega da commodity em dezembro também caíram 1,4%, a US$ 98,30 por barril no fechamento.

AE, Agencia Estado

22 de outubro de 2013 | 18h08

Na plataforma eletrônica ICE, o barril de petróleo tipo Brent para dezembro foi na contramão e fechou em alta de US$ 0,33 (0,3%), a US$ 109,97 por barril. Os preços passaram a subir em Londres após relatos de que a Arábia Saudita planeja reduzir a cooperação com os Estados Unidos sobre a Síria.

Na Nymex, a commodity foi negociada abaixo dos US$ 100 pelo segundo dia seguido. A queda chegou a ser maior durante o dia, com o preço do barril negociado a US$ 97,50 ao longo da tarde desta tarde. Analistas ainda esperam o resultado do relatório de estoques de petróleo que será divulgado nesta quarta-feira, 23, pelo Departamento de Energia dos EUA, com dados relativos à semana do dia 18 de outubro.

Nesta segunda-feira, 21, o governo informou os dados da semana anterior, quando os estoques da commodity aumentaram em quatro milhões de barris. Os estoques ficaram acima da expectativa do mercado, que era de alta de 2,25 milhões de barris. "A demanda ainda é baixa e a produção continua crescente. Essa é uma receita para os preços virem abaixo", disse Mark Waggoner, presidente da Excel Futures em Bend, no Estado de Oregon. O analista sênior de mercado da Futures Group, Phil Flynn, explica que o vencimento dos contratos de novembro colaborou para a queda da commodity. "É um vencimento em um mar de oferta", afirmou. Fonte: Dow Jones Newswires

Tudo o que sabemos sobre:
Petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.