Petróleo opera em alta sob desvalorização do dólar

Investidores vão ficar de olho nos dados semanais de estoques da commodity dos EUA 

SERGIO CALDAS, Agencia Estado

31 Outubro 2012 | 09h05

Os contratos futuros de petróleo operam em alta em meio à desvalorização do dólar e a expectativa é que os negócios ganhem volume depois que o pregão viva-voz da New York Mercantile Exchange (Nymex) abrir nesta quarta-feira pela primeira vez nesta semana, após a passagem do furacão Sandy.

Às 8h54 (de Brasília), o brent para dezembro subia 0,50% na ICE, para US$ 109,62 por barril, enquanto o petróleo para dezembro negociado na Nymex avançava 0,89%, para US$ 86,44 por barril.

Segundo Olivier Jakob, diretor gerente da Petromatrix, é difícil, no entanto, chegar a uma conclusão firme sobre a direção dos futuros.

"Neste estágio, não parece que o Sandy causou qualquer dano significativo no lado da oferta", comentou Jakob. "A demanda no Nordeste foi fortemente atingida nos últimos três dias, mas logo irá se recuperar."

Já Torbjorn Kjus, analista do mercado de petróleo na DnB NOR, diz que os preços do petróleo estão acompanhando bem de perto as variações do dólar em relação ao euro. Na manhã desta quarta-feira, a divisa norte-americana cai consideravelmente frente à moeda única europeia.

Na quinta-feira (1º de novembro), os investidores vão ficar de olho nos dados semanais de estoques de petróleo dos EUA a serem divulgados pelo Departamento de Energia (DoE). O indicador, que normalmente sai às quartas, foi adiado em um dia por causa do furacão.

No começo da noite desta terça-feira, o American Petroleum Institute (API) anunciou que os estoques norte-americanos tiveram alta de 2,116 milhões de barris na semana passada. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
petróleodólarqueda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.