Petróleo opera em queda com retomada de produção líbia

Os contratos futuros de petróleo bruto operam em queda nesta quinta-feira, com a retomada de exportações da commodity na Líbia, aumentando a oferta no mercado. O maior campo do país, o Sharara de 340 mil barris por dia, voltou a produzir após a suspensão de ordem de força maior em dois terminais no leste líbio, que respondem por quase metade da capacidade de exportações de óleo no país.

Agência Estado

10 de julho de 2014 | 09h21

Mais cedo, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) disse que demanda global da commodity deve aumentar em 1,13 milhões de barris por dia neste ano, enquanto a produção entre os membros da organização caiu 79 mil barris por dia, para 29,7 milhões de barris por dia, em junho.

Às 8h51 (de Brasília), o contrato de Brent para entrega em agosto no ICE recuava 0,06%, para US$ 108,20 por barril. O petróleo para o mesmo mês negociado na Nymex cedia 0,29%, a US$ 102,04 por barril.Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.