Petróleo opera no aguardo de decisão dos juros do Fed

Os contratos futuros de petróleo operam sem direção única, após os fortes ganhos da semana passada, com os investidores aguardando indicadores econômicos e as decisões de juros dos próximos dias para saber que rumo tomar.

Agencia Estado

29 de abril de 2013 | 08h17

Às 8h01 (de Brasília), o brent para junho tinha ligeira queda de 0,02% na ICE, para US$ 103,14 o barril. Já na Nymex, o contrato equivalente subia 0,41%, para US$ 93,38 o barril.

Embora o Brent tenha avançado 3,5% na semana passada - e o contrato da Nymex, 5,4% - a referência europeia de petróleo se mantém bem abaixo da máxima atingida este mês, de US$ 111,79 o barril.

O Produto Interno Bruto (PIB) mais fraco do que o esperado dos EUA, divulgado na sexta-feira, acabou limitando a recuperação na semana que passou. Os negócios nas sessões de hoje e amanhã vão determinar a escala da perda nos preços do petróleo ao longo de abril.

Neste semana, a atenção do mercado vai se voltar para indicadores dos dois maiores consumidores mundial de petróleo: o índice de atividade industrial da China, que sai na terça-feira, 30, e o relatório sobre o mercado de trabalho dos EUA, previsto para a sexta-feira, 03 de maio. Além disso, o Federal Reserve, o banco central dos EUA, anuncia decisão de política monetária na quarta-feira, 1º de maio, e o Banco Central Europeu (BCE), na quinta-feira, 02 de maio. No caso do BCE, a expectativa é de corte de juros. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleoFed

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.