Petróleo para setembro fecha em US$ 88,06 por barril

Os contratos futuros de petróleo fecharam em queda nesta terça-feira, após os investidores terem reajustado suas posições antes da reunião de política monetária do Federal Reserve, marcada para quarta-feira.

PATRÍCIA BRAGA, Agencia Estado

31 de julho de 2012 | 17h13

O petróleo para entrega em setembro fechou em queda de US$ 1,72, (1,9%) na Nymex, a US$ 88,06 por barril. Na plataforma ICE, o Brent para setembro fechou em queda de US$ 1,28 ( 1,20%) a US$ 104,92 por barril.

Os preços do petróleo chegaram a subir quase dois dólares na semana passada recuperando o nível de US$ 90 por barril, amparados pelas expectativas de que o Fed está preparando para se mover em breve com um novo pacote de estímulo para ancorar a economia dos EUA. A queda dos preços da commodity ontem e hoje zerou os ganhos da semana passada, além de colocar o preço de volta no menor patamar desde 13 de julho.

Alguns investidores elevaram suas dúvidas sobre se o Fed lançaria agora um novo pacote de estímulo, após os sinais tentadores de melhora na economia dos EUA, o maior consumidor mundial de petróleo. A confiança do consumidor subiu para 65,9 em julho, acima do dado revisado de junho de 62,7, informou nesta terça-feira o Conference Board. Analistas esperavam uma leitura em 61,4.

Os dados no mercado de trabalho dos EUA para julho, um indicado econômico crítico, está previsto para ser divulgado na sexta-feira, mas o mercado de petróleo deverá manter o foco nos dados semanais estoques de petróleo dos EUA.

Analistas ouvidos pela Dow Jones esperam uma queda de 800 mil barris em relação à semana anterior, e de alta de 500 mil barris nos estoques de gasolina. Os dados do Departamento de Energia dos EUA para a semana encerrada em 27 de julho estão previstos para uqarta-feira. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
mercadopetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.