Petróleo passa de US$ 70 com rumor de greve na Nigéria

Os preços futuros de petróleo zeraram as perdas e voltaram a oscilar em território positivo em Nova York, impulsionados por rumores de uma greve de petroleiros na Nigéria. Uma recuperação técnica também influenciou, depois dos preços terem tocado a mínima desde 20 de junho. Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de petróleo para outubro caíram para a mínima do dia de US$ 68,65 o barril, em reação ao surpreendente aumento dos estoques comerciais de petróleo e gasolina nos EUA na semana passada. Por volta das 15h30, perto do fechamento da sessão viva-voz na Nymex, os contratos de petróleo para outubro estavam a US$ 70,05 o barril, em alta de US$ 0,34 (0,49%). Em Londres, no sistema eletrônico da ICE Futures, os contratos de petróleo Brent para outubro estavam a US$ 70,27 o barril, alta de US$ 0,41 (0,59%). As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.