Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Petróleo recua, ainda em reação a estoques dos EUA

Os contratos futuros de petróleo fecharam em queda forte pelo segundo dia consecutivo. O mercado voltou a refletir a redução das preocupações com o abastecimento de gasolina nos EUA durante o verão (julho/setembro), depois da divulgação do nível dos estoques norte-americanos na semana passada e de o presidente George W. Bush anunciar o rebaixamento das exigências de respeito às leis contra poluição. Hoje, o secretário da Energia dos EUA, Samuel Bodman, anunciou que o governo Bush pedirá ao Congresso que suspenda ou reduza as tarifas de importação de etanol. Na New York Mercantile Exchange (Nymex), os contratos de petróleo bruto para junho fecharam a US$ 69,94 por barril, em queda de US$ 2,34 (3,24%). A mínima foi em US$ 69,30 e a máxima em US$ 71,82. Na International Commodities Exchange (ICE), em Londres, os contratos do petróleo do tipo Brent para junho fecharam a US$ 70,29 por barril, em queda de US$ 2,36, com mínima em US$ 69,79 e máxima em US$ 72,61. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

04 de maio de 2006 | 16h45

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.