Petróleo reduz alta a 0,91%, negociado a US$ 77,40

Os preços dos contratos futuros de petróleo abriram e operam em trajetória de alta, com a preocupação de que o conflito no Oriente Médio se amplie ainda mais. Mas os contratos futuros para agosto estão reduzindo a elevação e eram cotados, às 11h44, com ganho de 0,91%, para US$ 77,40 por barril, na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex). A máxima registrada foi de US$ 77,95 por barril até o momento. No pregão eletrônico, o contato tocou o recorde de US$ 78,40, mas não renovou esse nível. O tipo Brent para agosto subia 1,29%, a US$ 77,68 por barril, na ICE Futures Exchange, em Londres. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.