Petróleo retoma queda e ouro desacelera ganhos em NY

O ouro na Comex, divisão de metais da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), cedeu parte dos ganhos iniciais com a virada do preço do petróleo para baixo. "Estamos apenas seguindo o petróleo", disse um operador. Por volta das 12h30 (de Brasília), o contrato de petróleo para novembro estava em queda de 0,74%, em US$ 60,55 o barril, depois de ter atingido US$ 61,82, pela manhã. O ouro para entrega em dezembro subia US$ 0,70, para US$ 597,80, mas estava abaixo da máxima de US$ 602,80. O petróleo segue volátil, depois de o Instituto Americano de Petróleo (API, na sigla em inglês) ter informado que os estoques de petróleo bruto subiram 1,332 milhão de barris na semana passada, para 322.542 milhões de barris. Os estoques de gasolina aumentaram 6,920 milhões de barris, para 220.606 milhões de barris. Os estoques de derivados cresceram 1,968 milhão de barris, para 149.535 milhões. As informações são da agência Dow Jones.

Agencia Estado,

27 de setembro de 2006 | 12h51

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.