Petróleo rompe suporte de US$ 70 e opera a US$ 69,40

O petróleo abriu abaixo de US$ 70,00 o barril a sessão regular da Nymex, com novas indicações de que a tempestade tropical Ernesto afasta-se da região produtora de petróleo no Golfo do México. O movimento iniciou-se ainda na sessão eletrônica, onde o contrato atravessou o suporte psicológico de US$ 70,00, acionando ordens automáticas de venda, as quais contribuíram para trazer as cotações às mínimas. Às 11h24 (de Brasília), o contrato de outubro do petróleo caía 1,71% para US$ 69,40 o barril. Na mínima, o contrato chegou a US$ 69,25 o barril. O mercado ignora, por enquanto, a aproximação do prazo para a resolução das Nações Unidas sobre o Irã. O país tem até o dia 31, quinta-feira, para suspender o enriquecimento de urânio. Hoje, o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, disse que ninguém pode impedir seu país de desenvolver um programa nuclear pacífico. Ahmadinejad também contestou o direito de veto dos EUA e do Reino Unido no Conselho de Segurança das Nações Unidas, já que, segundo o Irã, ambos promovem tensão no mundo. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.