Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Petróleo se recupera com boa perspectiva para preços

Os contratos futuros de petróleo se recuperam na manhã desta sexta-feira, 21, das fortes perdas sofridas ontem à medida que a notícia de que o Federal Reserve pode começar a reduzir as compras de ativos neste ano vai sendo absorvida pelos participantes dos mercados globais. Olhando além da turbulência atual, a relação entre oferta e demanda é positiva para os preços, especialmente do brent.

Agencia Estado

21 de junho de 2013 | 08h26

"Os ricos para a oferta no curto prazo (incluindo paralisações no Mar do Norte), bem como as tensões geopolíticas e o aumento do consumo das refinarias, provavelmente limitarão as quedas do petróleo", afirmaram analistas do VTB Capital.

No Mar do Norte, o campo Ekofisk está paralisado em razão de uma manutenção programada para a maior parte deste mês e deverá voltar à produção nos próximos dias. O campo Forties, enquanto isso, ficará em manutenção até o início de agosto, segundo um operador.

Com relação aos problemas geopolíticos que atualmente sustentam os preços do petróleo, a eleição de um novo presidente no Irã pode ter impacto sobre esse mercado. Qualquer redução dos receios com relação ao programa nuclear iraniano e das sanções que limitam as exportações de petróleo do país será atentamente observada pelos participantes do mercado.

Ontem o brent para agosto caiu da máxima de US$ 105,62 por barril até fechar em US$ 102,15, depois de ter operado abaixo disso durante a sessão. Além das preocupações com o fim dos estímulos à economia dos EUA, uma queda na atividade industrial da China, que é um grande consumidor de metais, também pressionou os preços.

Às 7h35 (de Brasília), o petróleo para agosto negociado na Nymex subia 0,37%, a US$ 95,49 por barril, enquanto o brent para agosto avançava 0,45% na ICE, a US$ 102,61 por barril. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
mercadopetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.