Petróleo segue mercado de ações e avança

Os preços do petróleo sobem pela segunda sessão consecutiva nesta sexta-feira, 17, ajudados pelo rali do mercado de ações após dados positivos dos Estados Unidos. O índice de sentimento do consumidor dos EUA, medido pela Reuters/Universidade de Michigan, subiu para 83,7 na leitura preliminar de maio, de 76,4 no fim de abril. O resultado foi o mais alto desde julho de 2007 e superou a previsão de alta para 78,0. Já o Conference Board divulgou que seu índice de indicadores antecedentes subiu 0,6% em abril ante março, acima da previsão de alta de 0,3%.

Agencia Estado

17 de maio de 2013 | 11h57

Os dados acentuaram os ganhos de Wall Street e do petróleo, que costuma seguir o mercado de renda variável, considerado um termômetro do sentimento econômico, que influencia na demanda pela commodity.

Os ganhos desta sexta-feira, 17, ocorrem após uma semana volátil para o petróleo, o que deve fazer com que os preços terminem a semana praticamente estáveis. Os preços da commodity vêm sofrendo pressão da forte oferta global e dos EUA, enquanto a demanda continua fraca.

Por volta das 11h45 (pelo horário de Brasília), o contrato de petróleo mais negociado, com entrega para junho, subia 0,67%, a US$ 95,80 por barril, enquanto o petróleo do tipo brent para julho avançava 0,67%, a US$ 104,48 por barril na ICE. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleoaçõesalta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.