Petróleo sobe a US$ 67 em Londres; Irã revê libertação

O preço do contrato futuro de petróleo para maio se aproximou dos US$ 65 o barril em Nova York esta manhã, enquanto o petróleo Brent superou US$ 67 o barril em Londres, em razão de declarações do Irã de que suspendeu a promessa de libertar a única mulher do grupo de 15 marinheiros e fuzileiros do Reino Unido sob custódia iraniana. A ação, que foi uma resposta à ameaça do Reno Unido de levar o assunto para discussão no Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU), eliminou a esperança de uma solução rápida para o impasse, que está completando seis dias, e levou os operadores de petróleo a estabelecerem posições de proteção nos contratos futuros. Às 11h05, o contrato futuro do petróleo WTI para maio subia 0,81%, para US$ 64,60 por barril, na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex). Esse contrato chegou a ser negociado a US$ 64,95 por barril, mais cedo. O contrato do petróleo Brent era negociado em alta de 1,90%, para US$ 67,03 por barril, na ICE Futures Exchange, em Londres. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.