Petróleo sobe com correção das perdas dos últimos dias

O futuro do petróleo sobe em correção as perdas de ontem, projetando alta de mais de US$ 1,00 no contrato de julho negociado na plataforma International Commodities Exchange (ICE), em Londres. Às 8h52 (de Brasília), o contrato subia 1,15%, para US$ 71,10 o barril. No pregão eletrônico da New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato de junho operava em alta de 0,73%, a US$ 70,45 o barril. Nos dois últimos dias, o contrato do petróleo tipo brent caiu 5%. A pressão reflete preocupações relacionadas a excesso de gasolina disponível no mercado, inversas às considerações que projetaram o petróleo para recorde de aumento de preço recentemente. O gatilho para as vendas de quarta-feira e ontem foi o relatório sobre os estoques norte-americanos de petróleo e gasolina, os quais mostraram aumento nos níveis, contra estimativas de retração. A elevação nos estoques de gasolina foi a primeira em nove semanas e acompanhada de uma notável queda em sua demanda. "O mercado está muito vulnerável em termos técnicos. Acredito que a incapacidade do petróleo de superar o patamar de US$ 75,35 o barril em Nova York no começo da semana abriu caminho para esta necessária correção. Uma desaceleração de mais US$ 3,00 a US$ 4,00 não causaria surpresa", disse um operador. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

05 de maio de 2006 | 08h58

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.