Petróleo sobe com promessa de corte da produção saudita

Os contratos de petróleo bruto para março negociados no pregão eletrônico da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) sobem hoje com os comentários de um membro do governo da Arábia Saudita ao Wall Street Journal, de que o país vai cortar a produção em 158 mil barris por dia a partir de 1º de fevereiro, como parte do acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de reduzir a produção em 500 mil barris por dia. Às 12h49 (horário de Brasília), os contratos para março na Nymex subiam 0,83%, para US$ 54,46 por barril, de US$ 54,01 por barril ontem. Na plataforma eletrônica de negociações ICE, em Londres, os contratos para março subiam 0,93%, para US$ 54,18, de US$ 53,68 por barril ontem. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.