Petróleo sobe, corrigindo perdas da semana passada

Os contratos futuros de petróleo Brent operam com pequena valorização hoje nas negociações eletrônicas da ICE Futures, em Londres, num movimento de correção das fortes quedas da semana passada. Operadores afirmam que mais ganhos deverão ocorrer no pregão de hoje, mas alertaram que o fechamento dos mercados norte-americanos por causa do feriado em homenagem a Martin Luther King Jr. manterá baixo o volume de transações. "Finalmente estamos vendo uma correção, que pode significar o fim dos recuos de preços por enquanto", disse um operador de Londres. "Mas vale a pena manter um pouco de cautela porque há muitas vendas em meio a essa alta", acrescentou, referindo-se a uma liquidação residual por parte de fundos. Se o mercado conseguir evitar mais perdas, há uma chance de que o movimento de cobertura de posições ganhe força. A expectativa de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) irá convocar uma reunião de emergência para discutir a recente queda dos preços e um possível corte da produção dá suporte às cotações. Mas o Irã e o Catar negaram que a Opep queira reunir-se. Um operador disse que um encontro da Organização "é apenas uma questão de tempo, dadas as atuais circunstâncias." Há dúvidas, no entanto, sobre a eficácia de um novo corte. Operadores dizem que a Opep precisa mostrar que consegue colocar em prática as reduções de produção já anunciadas antes de o mercado realmente levar a sério. Às 11h05 (de Brasília), o contrato de petróleo Brent para fevereiro negociado na ICE Futures subia 0,74%, para US$ US$ 53,34 o barril. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.