Petróleo sobe mais de 1% com previsão demanda maior

O preço do petróleo sobe em Nova York acima de US$ 58 por barril, em reação tardia ao relatório da Agência Internacional de Energia (AIE), divulgado no começo da manhã, que revisou para cima a demanda global da commodity, prevendo crescimento no consumo na China e no Oriente Médio. A AIE estimou que a demanda por petróleo vai crescer em 1,55 milhão de barris por dia em 2007, 300 mil barris por dia acima da sua previsão anterior e praticamente o dobro do crescimento registrado em 2006. O analista Mike Fitzpatrick, da Fimat USA, descartou a importância do relatório, mas afirmou que ele "pode ser modificado para algo positivo" para os preços. O relatório "pode dar algum suporte para o mercado hoje", avaliou. Às 14h12 (horário de Brasília), no pregão viva-voz da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), o contrato de petróleo com entrega do produto em março subia US$ 0,79, ou 1,37%, para US$ 58,60 o barril. Na ICE londrina, o contrato do petróleo tipo Brent para março subia US$ 0,50, ou 0,88%, para US$ 57,10 o barril. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.