Petróleo sobe no aguardo de solução de crise europeia

Reunião de líderes da União Europeia está prevista para o final de semana

Ricardo Gozzi, da Agência Estado,

21 de outubro de 2011 | 20h23

Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta hoje em meio às expectativas com relação à reunião de líderes da União Europeia (UE), acompanhando o bom desempenho das ações e do euro. O preço do petróleo já saltou logo no início da sessão e chegou a subir mais de 3% no meio da manhã antes de devolver parte dos ganhos.

O petróleo para entrega em dezembro fechou em alta de US$ 1,33 (1,54%) na bolsa mercantil de Nova York (Nymex), a US$ 87,40 por barril. No mercado eletrônico ICE, o barril do Brent caiu US$ 0,20 (0,18%), encerrando a sexta-feira em US$ 109,56 por barril.

Traders e analistas disseram que o mercado subiu por conta da expectativa de que os líderes europeus finalmente chegarão a um acordo abrangente para a crise da dívida da zona do euro, que vem afetando os mercados há cerca de um ano e meio.

Autoridades europeias realizarão uma série de reuniões em Bruxelas durante o fim de semana. Ao mesmo tempo, o presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler alemã Angela Merkel prometem apresentar até a próxima quarta-feira um acordo para solucionar a crise.

A expectativa é de que a solução da crise europeia seja positiva para a demanda por petróleo, uma vez que evitaria calotes soberanos.

"É impressionante como os mercados têm reagido à questão da dívida europeia", comentou John Kilduff, sócio fundador do fundo de hedge Again Capital. "A adoção de um plano está perto de acontecer, então o mercado subiu de acordo com o desenvolvimento da situação", avaliou.

Outros analistas observaram que o aperto nos estoques de petróleo dos EUA nesta semana também beneficiaram os negócios na Nymex hoje. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petroleoeuro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.