Petróleo supera US$ 60 o barril em Londres e Nova York

Os contratos futuros de petróleo reagem em alta aos relatórios que mostraram quedas nos estoques do produto bruto e de derivados na semana passada nos EUA. O contrato futuro do petróleo para dezembro ampliou a alta para 2,11%, cotado a US$ 60,60 às 11h50 na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex). Na plataforma ICE, em Londres, o petróleo de dezembro subia 2,21%, a US$ 61,18 o barril. Os estoques norte-americanos de petróleo caíram 3,3 milhões de barris, para 332,3 milhões, na semana que terminou em 20 de outubro em comparação à semana anterior, informou o Departamento de Energia dos EUA (DoE). A previsão média dos economistas consultados pela agência Dow Jones era de aumento de 2,7 milhões de barris. O Instituto Americano de Petróleo (API, na sigla em inglês) também registrou queda nos níveis industriais de petróleo. Nesse relatório, os estoques de petróleo bruto caíram 3,654 milhões de barris na semana passada, para 330,634 milhões de barris, em comparação a anterior. Os estoques de gasolina caíram 2,262 milhões de barris, para 206,943 milhões de barris. Os estoques de derivados recuaram 588 mil barris, para 143,833 milhões. A utilização da capacidade instalada caiu de 89,7% para 89,4% na semana passada. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.